sábado, 17 de março de 2012

Jogos de poder

Raphael Salimena

  
Tira "We are family"
Imagem: Raphael Salimena ( www.linhadotrem.com.br ) 

O Brasil declarou sua independência de Portugal em 7 de setembro de 1822, mas não se libertou de alguns antigos hábitos.
Desde o tempo em que era colônia, algumas pessoas que ocupam posições sociais de poder usam sua condição para se servir do público ao invés de servir ao público.
Já presenciei ocasiões onde a mentalidade do "Você sabe com quem está falando?!" foi exercida sem nenhuma educação pessoal ou ética profissional. Como nada é tão ruim que não possa piorar, também já presenciei filhos e esposas de autoridades ou ricos que pensam ter o direito de intimidar os outros com méritos pelos quais eles mesmos nada fizeram para alcançar. É a mediocridade em dobro das situações em que se unem a riqueza material e a pobreza espiritual!

Uma sociedade que tolera este tipo de atitude é ao mesmo tempo cúmplice e vítima de uma dinâmica em que a vaidade pessoal imobiliza ou invibializa o bem estar social. 
As gerações sucedem-se e assim vamos avançando muito lentamente, porque nos arrastamos com o peso de velhos vícios.

Raphael Salimena mora em Juiz de Fora.
Se quiser conhecer outros trabalhos do artista, acesse seu site:
Linha do Trem
http://www.linhadotrem.com.br 

3 comentários:

  1. Oi Sylvio!
    Obrigada pela visita! Vejo que é novo na blogosfera.rsss
    Este velho e triste hábito de se impor pela vaidade do ter, do ser mais.
    Um abraço e sucesso com o blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resisti um bom tempo para fazer um blog, até que chegou um momento em que percebi que tinha algo que queria compartilhar.
      A maioria das pessoas parece ainda estar mais preocupada em ter do que ser, o que gera a necessidade de afirmar-se sobre os outros e não com os outros.
      Grato pelo incentivo.

      Excluir
  2. Olá, Sylvio,

    grata por sua passagem em meu Blog!

    Marta

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...