sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Mediocridade

O gênio da multidão
Autor : Charles Bukowisk

Imagem: smashmethod.deviantart.com


Há suficiente traição, ódio e violência absurda no ser humano medíocre
capaz de abastecer qualquer exército a qualquer momento

Aqueles que pregam Deus, precisam de Deus
Aqueles que pregam paz, não tem paz

Cuidado com pregadores
Cuidado com sabichões
Cuidado com aqueles que estão sempre lendo livros
Cuidado com aqueles que detestam a pobreza
ou tem orgulho dela
Cuidado com aqueles que se apresam em elogiar
pois precisam do elogio como recompensa
Cuidado com aqueles eu se apressam em censurar
pois tem medo daquilo que não conhecem
Cuidado com aqueles que buscam constantemente as multidões
pois não são nada sozinhos
Cuidado com o homem medíocre, com a mulher medíocre
cuidado com o amor deles, o amor deles é medíocre
procura ser medíocre
mas existe talento no ódio deles
há suficiente talento no ódio deles para te matar
para matar qualquer um

Sem querer a solidão
sem entender a solidão
eles tentarão destruir qualquer um
que seja diferente deles mesmos
Incapazes de criar arte
eles não entenderão a arte
e vão considerar o fracasso deles como criadores
apenas como um fracasso do mundo
Incapazes de amar completamente
eles irão acreditar no seu amor incompleto
e então irão te odiar
e o ódio deles será perfeito

Como um reluzente diamante
como uma navalha
como cicuta

A sua mais fina arte.


Adaptação do poema “O gênio da multidão”, de Charles Bukowski.

4 comentários:

  1. Fantástico, Sylvio, o que se vê, nos dias atuais, por onde se passa, onde se conecta, e até onde se tenta ficar em silêncio, é um tipo de "tirania da mediocridade" que emerge, travestida de democracia, mas, como toda tirania, insidiosa, cruel e egoísta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adaptando o que disse Rui Barbosa: De tanto ver triunfar as nulidades o homem chega a desanimar-se da virtude!

      Excluir
  2. Você conhece algum país que esteja nesse momento vivenciando essa mediocridade? Não será difícil responder.
    Excelente e atualíssimo texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mediocridade é destruidora porque o que lhe falta em qualidade sobra em quantidade!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...