quinta-feira, 27 de junho de 2013

Caminho da Luz

O Caminho da Luz em Minas Gerais
Vídeo
Autor : TV Senado

Caminho da Luz
Imagem: andabrasil.com.br

O documentário Caminho da Luz, exibido pela TV Senado em janeiro de 2006, registra uma caminhada de sete dias por vales e montanhas da Zona da Mata mineira até o Pico da Bandeira, localizado a 2.890m de altitude, na divisa dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. 
A reportagem percorreu os 190 quilômetros da antiga rota de índios e romeiros, captando imagens e registrando depoimentos de pessoas que consideram o percurso uma experiência transformadora, a exemplo do que acontece com os peregrinos que seguem o Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha.

Caminho da Luz foi dirigido por João Carlos Fontoura e produzido também por ele e por Andréa Amorim.



Tela Brasil - Caminho da Luz ( Parte 1 de 4 ) 13:47



Tela Brasil - Caminho da Luz ( Parte 2 de 4 ) 18:59



Tela Brasil - Caminho da Luz ( Parte 3 de 4 ) 14:53



Tela Brasil - Caminho da Luz ( Parte 4 de 4 ) 11:20


É possível fazer o trajeto do Caminho da Luz sozinho e por conta própria, quando desejar, ou em grupos previamente contratados, com direito a pernoites, transporte de mochila, lanche pelo caminho, camisa estilizada, cajado, seguro cobrindo acidentes e outros mimos.
Quem deseja realizar o caminho a pé ou de bicicleta tem uma média de 7 caminhadas organizadas por ano, mas em julho é realizada a caminhada coletiva oficial, que tem caráter religioso e quando ocorrem romarias e eventos ecumênicos opcionais ao longo dos locais de pernoite. 
O caminho é sinalizado por setas amarelas em placas ou pintadas ao longo do trajeto. A estimativa para completar o percurso coletivamente é de 6 a 8 dias a pé, 3 a 5 dias de bicicleta e 4 ou 5 dias a cavalo. 
O caminhante a pé, ciclista ou cavaleiro que desejar receber o Certificado de Caminhante, Ciclista ou Cavaleiro da Luz, deve preencher uma ficha de inscrição no início do caminho, no Hotel Serpa, em Tombos e ganhará uma credencial que deve ser carimbada em cada cidade ao longo do trajeto, em locais definidos na inscrição. O  certificado é entregue no fim do caminho, na Pousada Serra Azul, em Alto Caparaó, mediante a entrega da credencial com todos os carimbos que comprovam a passagem pelos locais determinados.

Mapa do Caminho da Luz
Imagem: pelocaparao.com

Para mais informações, acesse o site oficial do caminho, através do qual se inscreve para participar das caminhadas coletivas, oferecendo também uma grande variedade de informações e dicas para os interessados:

Caminho da Luz

Caminho da Luz ( Minas Gerais )
Imagem: flickr.com


◄♦► 

Para conhecer o Caminho dos Anjos, rota de caminhada no sul de Minas Gerais, acesse o link abaixo:
http://historiasylvio.blogspot.com.br/2014/07/caminho-dos-anjos.html 

8 comentários:

  1. Deve ser uma experiência inesquecível percorrer esse caminho. Quem me dera!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou me preparando para fazê-lo este ano, provavelmente em novembro.
      Acredito que, apesar das dificuldades em reservar tempo e energia para fazê-lo, a experiência vale muito a pena.
      Abraço.

      Excluir
  2. Eu estou precisando de dicas como essa. Você é um caro amigo... Ou um amigo acro... Hehe sem interrogações. Eu vou fazer isso, mesmo que me custe caro, caro amigo!
    Bjs da amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ideia deste blog é dividir curiosidades e multiplicar possibilidades.
      Acredito que a paciência, persistência e humildade necessários para realizar um caminho desses nos leva à essência do que é nossa jornada pela vida.
      As caminhadas coletivas oferecem um bom suporte, que facilita muito a experiência. Fé na jornada e pé na estrada!
      Abraço.

      Excluir
  3. Amigo Sylvio

    Face a mais essa experiência, vamos continuar aguardando os seus "Diários de Motocicleta" que, temos certeza, vai ter muitas HistóriaS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois que realizar a última das viagens que estão programadas, começarei as postagens com imagens e comentários de minhas andanças por estas Minas Gerais.
      Abraço.

      Excluir
  4. Estou me preparando p/realizar este percurso de fé e determinação a pé juntamente c/ minha esposa.Estou preocupado c/ a média de Km/ por dia que gira em torno de 20km, pergunto,tens alguma sugestão de como caminhar menos Km/ dia e se terei onde pernoitar no caminho, mesmo que se leve mais tempo.
    Grande abraço
    J. Machado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi J. Machado.
      A forma mais tranquila de realizar esta caminhada é se inscrevendo em uma das caminhadas coletivas, pois o valor (atualmente em R$500,00) lhe dá direito ao transporte de bagagem, então você caminha mais leve, somente com o que considerar necessário para usar durante o trajeto.
      Outra vantagem das caminhadas coletivas é o fato de que as hospedagens já estão incluídas neste valor, então, ao chegar cansado numa cidade, não será necessário procurar vagas em hotéis ou pousadas, pois já terão sido entregues a você uma relação com os nomes e locais dos hotéis onde suas vagas estão pagas e reservadas.
      Quanto ao caminhar menos Km por dia e levar mais tempo, acredito que isso será inviável, pois os locais de paradas para dormir já estarão previamente pagos e reservados nas caminhadas coletivas e, por conta própria, há apenas propriedades rurais e particulares nas estradas entre as cidades. Penso ser grande a probabilidade de não conseguir hospedagem nestas casas. Deve-se levar em consideração se compensa o tempo e esforço gastos procurando vagas em hotéis e pousadas a cada nova cidade, lembrando que chegarão cansados ao fim de cada dia. É questão de priorizar entre a escolha do conforto ou aventura que se busca.
      Acredito que sem as mochilas pesando, transportadas por veículos, e acordando cedo para caminhar devagar, não haverá problemas para chegar ao destino de descanso. Como parte do pacote da caminhada coletiva são servidos lanches no meio do caminho, transportados por veículos até pontos pré-determinados na estrada, que variam a cada dia. Se a organização não disponibilizar uma ambulância ou veículo para “resgate” dos machucados, contundidos e cansados, basta chegar ao local desse lanche e solicitar uma carona neste veículo até o próximo local de repouso. Começando a caminhar no início da manhã, por mais devagar que se ande (sem problemas de torção de pé ou algo semelhante), é possível percorrer a média diária de 20 Km, mesmo que use algumas horas do início da noite para completar o trajeto. Até onde sei não há problemas de assaltos na região. Acredito ser possível solicitar aos organizadores, no início de cada dia, que após um horário (18 horas por exemplo) enviem um veículo (talvez o do lanche que já foi recolhido) da cidade de destino naquele dia para fazer o caminho de volta e encontrar vocês. O ânimo para reiniciar a jornada no dia seguinte é outra estória...
      Sugiro trocar e-mails com os responsáveis pelo evento no site oficial do caminho (http://www.caminhodaluz.org.br), para saber sobre a disponibilidade ou não de veículos de apoio. Fora isso, é caprichar nos alongamentos antes e depois das caminhadas, ter paciência e persistência ao longo do trajeto e preparar o espírito para viver bons (e maus) momentos. Aprender a conhecer, superar ou respeitar seus limites é um dos objetivos desta caminhada/peregrinação.
      Desejo para você e sua esposa uma jornada produtiva, com muitas realizações e lembranças agradáveis.
      Um abraço.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...