sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Envelhecendo

Envelhecer 
Autor : Sylvio Bazote

Imagem: infinitoparticulardalva.blogspot.com.br

envelhecer é simplificar...

é viver um dia de cada vez
uma vida em cada dia
descobrindo constantemente
novidades que esqueceu que já sabia

as antigas lembranças já não servem para nada
e novas conquistas parecem desnecessárias

vive-se no momento redescobrindo-se eternamente
em um mundo rápido e agressivo
percebe-se mais claramente o ócio entre as refeições
e os gestos lentos nos dias de um acelerar progressivo

         olhos enevoados perdidos no vazio
         alma solta de um corpo esquecido

não há mais grandes expectativas
não se alimenta ilusões
na crueza das experiências vividas
não há mais espaço para esperanças e decepções

         envelhecer é simplificar...

Este poema é dedicado ao meu falecido sogro, em sua breve e angustiante luta contra a esclerose.

2 comentários:

  1. Sylvio,
    alegra-me que tenha sido breve, embora angustiante, a luta de seu sogro. Meu pai a enfrenta há longos anos e sei o qto de verdade seus versos encerram.
    Abraço,
    Jussara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Jussara...
      Entre a constatação inequívoca dos sinais da esclerose e o falecimento do meu sogro, passaram-se uns 5 meses, mas já foi tempo suficiente para exercitar adaptações na rotina e no modo de perceber e lidar com a vida.
      Desejo a você força e equilíbrio nesta difícil e digna jornada com seu pai.
      Abraço.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...